Select Page

Com o tema “Pesquisa em cultura e pluralismo epistemológico”, o III Encontro Brasileiro de Pesquisa em Cultura foi realizado na região do Cariri, no Ceará, de 8 a 10 de Outubro de 2015. Organizado pela Pró-Reitoria de Cultura da Universidade Federal do Cariri (UFCA), em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional Sustentável (PRODER-UFCA), o Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Sociedade da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e o setor de estudos em políticas culturais da Fundação Casa de Rui Barbosa, o terceiro EBPC pretende reunir pesquisadores no campo de cultura para debater e fomentar o diálogo entre instituições e agentes, evidenciando convergências e oportunidades de colaboração neste campo de pesquisa, que cresce a cada ano no país.

CARTAZ-EBPC

O congresso, realizado no URCA Campus Pimenta, em Crato – CE, contou com a participação da pesquisadora Amanda Guimarães (UFMG), apresentando discussões relativas à questão da cultura sob as óticas política e territorial, abordando o conhecimento acerca dos processos insurgentes que resistem à tentativa de expropriação do comum pelo Estado-capital em Belo Horizonte.

O trabalho Zona Cultural: urbanismo neoliberal e as insurgências multitudinárias em Belo Horizonte, coproduzido por André Victor, Amanda Guimarães, Paula Bruzzi e Natacha Rena, visa apresentar um contexto acerca das parcerias público-privadas (PPPs) a fim de compreender melhor a produção do espaço na região central de Belo Horizonte, ressaltando como as políticas públicas neoliberais legitimam processos de valorização do território e como estes acabam por gerar gentrificação.

12083708_852375364869742_155347714_n   12166801_852375094869769_1270803103_n

A pesquisa busca compreender os processos de produção do espaço na região ao longo do tempo, ressaltando lutas territoriais e manifestações culturais caracterizadas como “insurgências multitudinárias“. A apresentação, por fim, expôs uma narrativa da copesquisa cartográfica realizada neste território pelo Grupo de Pesquisa Indisciplinar junto a diversos movimentos sociais e culturais.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com